top of page

UFFS deve publicar ainda neste mês o edital do primeiro doutorado do Campus Erechim

Será o primeiro processo seletivo do Doutorado em Ciência e Tecnologia Ambiental, aprovado pela Capes neste ano


Campus da UFFS terá o primeiro doutorado gratuito do Alto Uruguai gaúcho (Créditos: Wagner Lenhardt/Divulgação/UFFS)


Deve ser publicado no final de agosto o edital do primeiro processo seletivo do doutorado em Ciência e Tecnologia Ambiental, ofertado pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) Campus Erechim. A previsão é de que sejam disponibilizadas 10 vagas. O doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA) é o primeiro curso deste nível no Campus, além de ser o primeiro doutorado em uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública na região do Alto Uruguai gaúcho.


O processo seletivo terá três etapas, na seguinte ordem: 1) pré-projeto de pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório, peso 40%; 2) defesa do pré-projeto de pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório, peso 30%; e 3) análise do Curriculum Vitae, de caráter classificatório, peso 30%.


Além das vagas para o doutorado, o edital também terá 24 vagas ofertadas para o curso de mestrado. As inscrições estão previstas para ocorrerem entre 18 de setembro e 12 de outubro. A data, porém, pode mudar: por isso, é importante que os interessados estejam atentos à publicação do edital no site do PPGCTA: www.uffs.edu.br/ppgcta.


O mestrado do Programa de Pós-Graduação Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da UFFS foi criado em 2014, tendo até o momento mais de 100 dissertações defendidas. Em 2022, o conceito do Programa subiu de 3 para 4, o que possibilitou a demanda pela criação do doutorado, aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em junho deste ano.


Segundo a coordenação do curso, o crescimento do conceito se deve, em parte, ao mais alto índice de produção científica do corpo docente com o corpo discente na área de Ciências Ambientais do país, com publicação de pesquisas em periódicos científicos com qualis A e B. O índice, intitulado IndProd, teve nota 1,73, que significa “muito bom”.


O PPGCTA tem por objetivo geral a formação de profissionais capazes de compreender o efeito das atividades humanas nos diversos ambientes e contribuir no estabelecimento de estratégias, métodos e tecnologias, visando à sustentabilidade dos agroecossistemas, aliada à manutenção das funções sistêmicas dos ambientes naturais.


O Programa tem como área de concentração Produção Sustentável e Conservação Ambiental. As linhas de pesquisa são duas: “sustentabilidade dos agroecossistemas” e “conservação dos recursos naturais”. O corpo docente é formado por 14 professores que desenvolvem parcerias com várias instituições; atuam como membros de corpo editorial e revisores de periódicos científicos; participam como membros de sociedades representativas em cada área; além de colaborarem com regularidade na organização de eventos. O corpo discente possui a oportunidade de, além de aulas dialogadas e expositivas, realizar pesquisas experimentais em 18 laboratórios da UFFS.


Outro destaque é o Simpósio de Ciência e Tecnologia Ambiental, promovido anualmente pelo Programa. Neste ano a 10ª edição ocorrerá entre 8 e 10 de novembro, em formato híbrido. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas em https://ppgctauffs.wixsite.com/simposio.


Comments


bottom of page