top of page

Trote Solidário mobiliza estudantes do curso de Medicina da URI

Neste sábado, dia 20, acadêmicos estarão arrecadando alimentos nos mercados: Caitá, Master, Querência Aldo Arioli e Querência Fátima.



O Trote Solidário é uma iniciativa criada em 2008 pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), com o objetivo de mudar a cara das recepções aos calouros de Medicina, deixando para trás as ações violentas e dando lugar para exemplos de cidadania. Já são 15 anos de história, marcando a trajetória de muitos estudantes!


De lá para cá, o Trote Solidário vem sendo uma iniciativa do Núcleo Acadêmico do Simers, envolvendo os alunos das 20 Faculdades de Medicina do Estado. Em cada edição é eleita uma comissão organizadora, com representantes dos cursos para garantir o sucesso do evento, realizado em parceria com o Banco de Alimentos do RS, Lions Clubs e Rotary Club.


Somente na edição 2023 do Trote Solidário, foram arrecadados 47.961,53 quilos de itens alimentícios. O terceiro maior volume de doações da história da iniciativa!


Além dos alimentos:



Premiação:

O Trote Solidário do Simers recebeu o prêmio TOP Cidadania 2022, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS), na categoria Organização. Foi a segunda vez que a iniciativa ganhou este reconhecimento, entregue às entidades gaúchas que se destacam por suas práticas de gestão de pessoas, desenvolvimento humano e responsabilidade social.


Além disso, o Trote já arrematou o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia 2014, da ABRH-Nacional, na modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social/ Organização Cidadã.


O primeiro final de semana da ação presencial de 2024 já foi realizado em Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Já no dia 13, o Trote segue para o interior do RS, nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Passo Fundo, Caxias do Sul, Ijuí e Uruguaiana. O encerramento ocorre dia 20, com a participação das cidades de Santa Maria, Erechim, Pelotas e Rio Grande.


No dia 20, em Erechim, acadêmicos de medicina da URI estarão arrecadando alimentos nos mercados: Caitá, Master, Querência Aldo Arioli e Querência Fátima.


Números totais do Trote Solidário nestes 15 anos:


21.241 alunos participantes;

408 toneladas de itens alimentícios arrecadados - o que representa comida na mesa para mais de 820 mil pessoas;

8.185 bolsas de sangue (sendo que uma bolsa pode salvar até quatro vidas);

6.550 de tampinhas plásticas (o valor de 150 kg equivale a uma cadeira de rodas ou uma cadeira de banho);

Porto Alegre, 09 de março de 2024



PAUTA: Trote Solidário

O Trote Solidário é uma iniciativa criada em 2008 pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), com o objetivo de mudar a cara das recepções aos calouros de Medicina, deixando para trás as ações violentas e dando lugar para exemplos de cidadania. Já são 15 anos de história, marcando a trajetória de muitos estudantes!


De lá para cá, o Trote Solidário vem sendo uma iniciativa do Núcleo Acadêmico do Simers, envolvendo os alunos das 20 Faculdades de Medicina do Estado. Em cada edição é eleita uma comissão organizadora, com representantes dos cursos para garantir o sucesso do evento, realizado em parceria com o Banco de Alimentos do RS, Lions Clubs e Rotary Club.


Somente na edição 2023 do Trote Solidário, foram arrecadados 47.961,53 quilos de itens alimentícios. O terceiro maior volume de doações da história da iniciativa!


Além dos alimentos:



Premiação:

O Trote Solidário do Simers recebeu o prêmio TOP Cidadania 2022, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS), na categoria Organização. Foi a segunda vez que a iniciativa ganhou este reconhecimento, entregue às entidades gaúchas que se destacam por suas práticas de gestão de pessoas, desenvolvimento humano e responsabilidade social.


Além disso, o Trote já arrematou o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia 2014, da ABRH-Nacional, na modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social/ Organização Cidadã.


O primeiro final de semana da ação presencial de 2024 já foi realizado em Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Já no dia 13, o Trote segue para o interior do RS, nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Passo Fundo, Caxias do Sul, Ijuí e Uruguaiana. O encerramento ocorre dia 20, com a participação das cidades de Santa Maria, Erechim, Pelotas e Rio Grande.


No dia 20, em Erechim, acadêmicos de medicina da URI estarão arrecadando alimentos nos mercados: Caitá, Master, Querência Aldo Arioli e Querência Fátima.


Números totais do Trote Solidário nestes 15 anos:


21.241 alunos participantes;

408 toneladas de itens alimentícios arrecadados - o que representa comida na mesa para mais de 820 mil pessoas;

8.185 bolsas de sangue (sendo que uma bolsa pode salvar até quatro vidas);

6.550 de tampinhas plásticas (o valor de 150 kg equivale a uma cadeira de rodas ou uma cadeira de banho);


Commentaires


bottom of page