Secretaria Estadual de Educação anuncia novidades para o ano letivo


O ano letivo de 2020 na rede estadual começa nesta terça-feira (18/2) com novidades para os mais de 800 mil estudantes gaúchos. Além da implantação da Escola Gaúcha, que organiza a matriz curricular, e a utilização do Diário de classe on-line (Escola RS), que qualifica a gestão escolar, as instituições de ensino terão um aumento no repasse de autonomia financeira e na verba destinada à alimentação escolar. Cerca de 85% das instituições de ensino, das 2,5 mil escolas estaduais, retornam nesta terça. As demais seguem calendário diferenciado devido à greve dos professores de 2019 e iniciarão o período letivo no decorrer de março. Com uma previsão orçamentária de R$ 9,2 bilhões na área da educação para 2020, os valores de alimentação escolar quase dobram, passando de R$ 43 milhões para R$ 85 milhões – de R$ 4,3 milhões para R$ 8,5 milhões ao mês. Em relação à quantia recebida pelas direções das instituições de ensino para manutenção e pequenas obras, o repasse anual passa de R$ 102 milhões para R$ 112 milhões (de R$ 8,5 milhões para R$ 9,3 milhões ao mês). Conforme o secretário da Educação, Faisal Karam, o ano de 2020 será importante para a reorganização pedagógica e financeira da Educação no Estado. “A volta às aulas é um momento especial para todos. Estamos trabalhando para colocar a educação do Rio Grande no patamar que merece. Isso só será possível por meio de ações por parte do poder público e um trabalho integrado com toda a rede de educadores”, afirma. Escola Gaúcha Entre as dimensões propostas pela política da Escola Gaúcha, que se efetivará nas escolas já neste ano letivo, estão pontos referentes à formação integral dos estudantes, organização curricular, práticas pedagógicas, gestão educacional, valorização dos profissionais da educação, infraestrutura escolar, avaliação, financiamento e regime de colaboração com os municípios. “A Escola Gaúcha, que é uma política de educação da Rede Estadual de Ensino, estabelece as orientações para os programas, projetos e demais ações que ocorrem nas escolas, de forma articulada, contribuindo para a melhoria da qualidade da educação do Rio Grande do Sul”, explica o diretor do departamento de Educação, Roberval Furtado. Aplicativo Escola RS Dividido em três modalidades, o aplicativo Escola RS trabalha com públicos específicos, com o intuito de qualificar a gestão escolar e permitir que os pais acompanhem as atividades diárias dos filhos em sala de aula. Além disso, a ferramenta facilita a visualização de tarefas de gestores e alunos e o acompanhamento em tempo real da frequência e da rotina. Os módulos do aplicativo são Escola RS Professor, Escola RS Gestor e Escola RS Estudantes.

© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA