Procon informa sobre contas de energia elétrica


O Procon de Erechim, através do diretor Márcio Mach, comunica que o órgão tem recebido inúmeras reclamações de consumidores com situação irregular no valor da fatura de energia elétrica. A pandemia da Covid-19 tem causado diversos transtornos também na emissão da fatura de energia elétrica da RGE. A empresa não efetuou a leitura de medição em certo período e calculou os valores por média ou outros meios. Devido a isso, para diversos consumidores o valor cobrado não está correto, visto que o valor apresentado para pagamento da fatura de energia elétrica se apresentou muito elevado em comparação ao histórico de valores faturados. Esta situação tem sido fortemente questionada pelo Procon e outros órgãos de defesa do consumidor em conjunto com a Comissão Mista Permanente de Defesa do Consumidor e Participação Legislativa Popular da Assembleia Legislativa do Estado, pois um grande número de consumidores dos 381 municípios atendidos pela RGE, foram prejudicados por cobranças indevidas. Este questionamento que na média destoa do padrão histórico tem gerado a revisão das faturas que apresentam inconformidade. Assim, para contestar as faturas, deve o consumidor enviar para o Procon os seguintes documentos: -Foto da fatura questionada; -Foto da identidade com CPF do titular da conta; -Foto da leitura atual indicada no medidor (leitura no medidor); -Foto da última fatura que entende como correta; -Relato detalhado da reclamação; -Número de telefone; -Contato de e-mail. Estas e outras reclamações sobre a RGE, enviadas por e-mail ao Procon (procon@erechim.rs.gov.br), no decorrer serão encaminhadas para análise do setor de atendimento da RGE da empresa em Caxias do Sul. Se o retorno da análise continuar em discordância, outras ações poderão ser recomendadas. O diretor do Procon de Erechim, Márcio Mach, recomenda ainda que o consumidor faça o cadastro no site da RGE, para dar diligência a outras necessidades.

© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA