Processo Seletivo IFRS: lançado edital para pedir gratuidade na taxa de inscrição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) publicou documento com orientações para quem quer pedir gratuidade na taxa de inscrição do Processo Seletivo 2020/1 de estudantes. O Processo Seletivo oferece vagas em cursos técnicos e superiores nos 17 campi do IFRS. Os cursos são gratuitos, mas a seleção tem uma taxa de inscrição, que custa R$ 35,00 (trinta e cinco reais) para os cursos técnicos e R$ 50,00 (cinquenta reais) para os cursos de graduação. As pessoas que comprovarem carência socioeconômica, mediante o atendimento a critérios estabelecidos, podem pedir gratuidade (isenção no pagamento) da taxa de inscrição. Todas as informações constam do Edital nº 46/2019.

            Para solicitar a isenção, é necessário preencher o formulário disponível no edital, reunir a documentação exigida e entregar no campus pretendido. Os campi oferecem computador com acesso à internet aos candidatos que necessitem. O período para solicitar a isenção da taxa de inscrição vai de 16 a 27 de setembro de 2019. O resultado da solicitação será divulgado no Portal de Ingresso (ingresso.ifrs.edu.br) no dia 3 de outubro.

            A concessão de isenção da taxa não garante a inscrição no processo seletivo. O beneficiado deverá acessar o Portal de Ingresso e realizar a inscrição a partir de 7 de outubro de 2019.

Saiba mais

            As inscrições para o Processo Seletivo iniciam-se no dia 7 de outubro e vão até 10 de novembro de 2019, pelo Portal de Ingresso (ingresso.ifrs.edu.br). Quem não tiver acesso a computador pode dirigir-se até o campus pretendido e realizar a inscrição em terminais disponíveis para este fim. Os endereços dos campi podem ser consultados também no Portal de Ingresso. As provas serão aplicadas em 8 de dezembro de 2019.

            Neste processo seletivo, são ofertadas vagas para cursos técnicos de nível médio, Educação de Jovens e Adultos, e cursos de graduação (bacharelados, licenciaturas e superiores de tecnologia). São mais de 4.800 vagas nos campi Alvorada, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Erechim, Farroupilha, Feliz, Ibirubá, Osório, Porto Alegre, Restinga (Porto Alegre), Rio Grande, Rolante, Sertão, Vacaria, Veranópolis e Viamão.

Como funciona a seleção:

Cursos técnicos integrados e concomitantes ao Ensino Médio

            Os cursos integrados permitem a formação de Ensino Médio e técnica profissional simultaneamente. Têm como pré-requisito para ingresso o Ensino Fundamental concluído.

            Os cursos concomitantes oferecem formação técnica profissional para os alunos que estão cursando o Ensino Médio em outra instituição de ensino e desejam complementar a formação.

            O exame de seleção para essas duas modalidades constitui-se de prova com 40 questões objetivas que visa à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Fundamental (Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Língua Portuguesa).

– Os cursos técnicos integrados em Administração e em Meio Ambiente ofertados pelo Campus Viamão terão como forma de ingresso sorteio público.

– O curso técnico concomitante em Instrumento Musical ofertado pelo Campus Porto Alegre também terá como forma de ingresso sorteio público.

Cursos técnicos subsequentes ao Ensino Médio

            Os cursos subsequentes oferecem formação técnica profissional para os alunos que já concluíram o Ensino Médio.

            No momento de inscrever-se para essa modalidade no processo seletivo, o estudante pode optar por uma das alternativas: ingresso mediante “prova e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”; apenas por “nota do Enem”; ou “somente prova”. No caso de optar pela nota do Enem, deve indicar o ano que deseja o aproveitamento (de 2014 até o atual). No caso de optar pela prova, o candidato vai prestar um exame de seleção com 40 questões objetivas que visam à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Médio (Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias).

– Os cursos técnicos subsequentes em Eletrotécnica e em Eletrônica do Campus Farroupilha terão como forma de ingresso sorteio público.

Cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA)

            Para participar da seleção de ingresso em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) não será necessário fazer prova, mas será necessário realizar a inscrição, entregar uma documentação e assistir a uma palestra.

Cursos superiores

            Os cursos superiores têm como pré-requisito para ingresso o Ensino Médio concluído. O IFRS oferece cursos superiores de tecnologia (cuja vocação é atender a demandas específicas do mundo do trabalho), bacharelados (formam para atuar de forma mais ampla no mundo do trabalho), licenciaturas (indicados para quem quer atuar como professor de Ensino Fundamental e Médio, com disciplinas ligadas a didática, psicologia e pedagogia).

            Na hora de inscrever-se no processo seletivo para um curso superior, o estudante pode optar por uma das alternativas: ingresso mediante “prova e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”; apenas por “nota do Enem”; ou “somente prova”. No caso de optar pela nota do Enem, ele deve indicar o ano que deseja o aproveitamento (de 2014 até o atual). Ao optar pela prova, o candidato deverá prestar um exame com uma prova de redação e 45 questões objetivas (Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – incluindo questões de língua inglesa ou língua espanhola), que visam à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Médio.

   Todas as informações e orientações podem ser acompanhadas pelo site ingresso.ifrs.edu.br.

Datas importantes do Processo Seletivo 2020/1

12/09/19

Publicação do Edital de Isenção da Taxa de Inscrição

16 a 27/09/19

Período de Solicitação de Isenção

02/10/19

Publicação dos Editais do Processo Seletivo

03/10/19

Resultado das Isenções

07/10 a 10/11/19

Período de Inscrições

08/12/19

Prova

Clique e acompanhe!

Você conhece o IFRS?

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) oferece cursos gratuitos em 16 municípios do Rio Grande do Sul. São cursos de nível médio (técnicos que podem ser cursados de forma integrada, concomitante e subsequente ao Ensino Médio), superiores (de graduação e pós-graduação) e de extensão. O IFRS é uma instituição federal de ensino público e gratuito.

As unidades do Instituto são: Campus Alvorada, Campus Bento Gonçalves, Campus Canoas, Campus Caxias do Sul, Campus Erechim, Campus Farroupilha, Campus Feliz, Campus Ibirubá, Campus Osório, Campus Porto Alegre, Campus Restinga (Porto Alegre), Campus Rio Grande, Campus Rolante, Campus Sertão, Campus Vacaria, Campus Veranópolis e Campus Viamão. A Reitoria está localizada no município de Bento Gonçalves.

No total, são cerca de 22 mil alunos e 200 opções de cursos. Mais informações no site www.ifrs.edu.br.

Saiba também: Além do IFRS, no Rio Grande do Sul há outros dois Institutos Federais (IFs): o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), com Reitoria em Pelotas; e o Instituto Federal Farroupilha (IFFar), com Reitoria em Santa Maria. Em todo o país, são 38 IFs levando ensino público e gratuito a mais de 600 municípios (para conhecer a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, acesse o site do Conif).

© 2018 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA