top of page

Primeiro título do Atlântico na Liga Nacional de Futsal é celebrado em sessão solene


Clube erechinense recebeu a Medalha Mérito Legislativo por conquista inédita no principal torneio do país

A noite desta terça-feira (5) foi marcada por muita comemoração no plenário em razão de uma conquista há muito tempo aguardada pelos erechinenses. Depois de chegar muito perto do título da Liga Nacional de Futsal em três oportunidades (vice em 2005, 2018 e 2022), o Atlântico Futsal foi o grande campeão do principal campeonato do Brasil na edição de 2023, após uma espetacular vitória de virada por 2 a 1 contra o Joinville. Ciente da relevância deste título, a Câmara prestou sua homenagem com a realização de uma sessão solene para entrega da Medalha Mérito Legislativo aos atletas, comissão técnica e diretoria do clube.


20 segundos que mudaram a história


A solenidade foi proposta pelo vereador Carlos Lemos (PSDB) e contou com a presença de torcedores da Camisa 6 e até mesmo da banda que anima os jogos do Galo. Em seu pronunciamento representando a Casa do Povo, o parlamentar exaltou o esforço feito pela equipe ao longo da temporada, mais especificamente na final, quando o Atlântico perdia por 1 a 0 até os últimos momentos, e conseguiu marcar dois gols em apenas 20 segundos. “No esporte, assim como na vida, o caminho do êxito é o trabalho, a dedicação e jamais desistir dos seus sonhos, mesmo que pareça tudo acabado. Eu estava lá e presenciei que 20 segundos podem mudar a história, e só um Galo cantou”, destacou.


Uma conquista do povo erechinense


Após a entrega das medalhas, o presidente do Clube Esportivo e Recreativo (CER) Atlântico, Júlio Brondani, agradeceu em nome dos homenageados e, em retrospectiva, celebrou a trajetória vitoriosa da instituição. “Nada é mais gratificante do que olhar para trás e ver uma trilha de metas alcançadas, desafios superados e conquistas consagradoras, como as mais recentes, Taça RS e Liga Nacional de Futsal. Essas conquistas não são apenas do CER Atlântico, dirigentes, atletas, comissão técnica e torcedores. Elas são uma conquista de Erechim, de seu povo, de sua gente”, enfatizou.




Comentários


bottom of page