top of page

Prefeito Polis assina lei que transfere administração do Mercado Popular para associação


Associação dos Pequenos Comerciantes do Mercado Popular de Erechim (ASSOMEPE) vai assumir a gestão e organização do local nos próximos 10 anos



O prefeito de Erechim, Paulo Polis, assinou a lei n.º 7.303, que transfere a administração do Mercado Popular à Associação dos Pequenos Comerciantes do Mercado Popular de Erechim (ASSOMEPE). A assinatura foi feita na sede do Mercado Popular, na manhã desta quinta-feira (10), na presença da presidente da ASSOMEPE, Kátia Fonseca, e dos associados, e já está valendo para os próximos 10 anos.

“Gratidão por esta conquista”

“Sempre fomos muito bem recebidos pelo prefeito, secretário e a administração municipal. Esta lei representa autonomia, estão nos dando crédito. Só tenho uma coisa a dizer, gratidão, por esta conquista prefeito Polis, e por ser uma pessoa que nos enxerga como pessoa, família, mulheres, somos 35 mulheres que tiram o sustento daqui”, destacou a presidente da Associação dos Pequenos Comerciantes do Mercado Popular de Erechim (ASSOMEPE), Kátia Fonseca.


“Ato inédito”

“O prefeito Polis sempre nos deu apoio incondicional quando foi demandado. Esta lei é um ato inédito e de reconhecimento, uma lei que foi construída por muitas mãos, em assembleia, e vai trazer autonomia para o Mercado Popular. A administração municipal vem fazendo um excelente trabalho e pensando, principalmente, nas pessoas, e dando liberdade para elas trabalhar”, disse o ex-vereador, Zé da Cruz, que colaborou com a construção da lei.


“Muitas mãos”

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Emerson Schelski, disse que esta lei foi elaborada com o objetivo de fazer o melhor e dentro da legalidade. “Ela é resultado de uma construção coletiva entre a ASSOMEPE, Procuradoria Municipal e a secretaria. A lei passou por várias mãos até chegar a este momento”, explica o secretário, Emerson Schelski.

Ele observa que o período de cedência da lei é de cinco anos prorrogáveis por mais cinco anos. “Isso proporciona confiança para trabalhar. Na gestão do prefeito Polis e do vice Flávio foram entregues quatro novos box no Mercado Popular e isso também é muito importante. Atendemos, também, uma reivindicação antiga, quando vagar um box vamos transformá-lo na sede administrativa do Mercado Popular”, enfatiza o secretário, Emerson Schelski.

Conforme o secretário, esta nova lei vai corrigir uma distorção da lei de 2018 e foi estruturada em cima daquilo que foi demandado pela Associação dos Pequenos Comerciantes do Mercado Popular de Erechim. “Muitas famílias vivem do Mercado Popular, que cada vez mais tenham êxito nas vendas”, destaca o secretário, Emerson Schelski.


“Reconhecimento ao trabalho”

“Tenho muito respeito por vocês e estou feliz por estar aqui, porque sei o quanto vocês batalham, precisam viajar para buscar os produtos, isso merece respeito. Estou assinando esta lei, que vai dar autonomia para fazer a gestão e organização do Mercado Popular, e nós, Poder Público, vamos ser os guardiões disto tudo. Esta é mais que uma lei, mas um sinal de reconhecimento ao trabalho de vocês”, disse o prefeito de Erechim, Paulo Polis.

O prefeito enfatizou que até o fim do ano o Mercado Popular vai ter energia solar fotovoltaica instalada. “Para que vocês consigam diminuir os custos e tenham oportunidade para fazer outras melhorias no local”, ressalta Polis.

O prefeito destacou que a cidade anda por uma série de questões, mas também porque tem um time de secretários que enxerga as necessidades das pessoas. “Somos uma grande família, com 105 mil pessoas, em que uns precisam mais de educação e, outros, autonomia para caminhar sozinho, e é assim que funciona a prefeitura. A cidade está indo bem, porque cada um está fazendo a sua parte. Vida longa para a cidade de Erechim”, ressalta o prefeito Polis.


Opmerkingen


bottom of page