Oficio Divino no 26º Grito dos Excluídos no Santuário de Fátima


Mesmo com a chuva torrencial na tarde desta segunda-feira, dia da Pátria, as pastorais sociais da Diocese de Erexim, especialmente da Pastoral da Juventude, celebraram o Ofício Divino comemorando o 26º Grito dos Excluídos, na Capela da Reconciliação do Santuário de Fátima.

A celebração foi presidida pelo Pe. Lucas Stein, Vigário Paroquial da Paróquia N. Sra. da Salette, Bairro Três Vendas, e coordenador da pastoral carcerária e foi transmitida pelo Facebook e canal do Youtube do Santuário.

O Ofício Divino é celebração litúrgica mais apropriada para as comunidades da Liturgia das Horas, oração dos salmos, com leituras bíblicas, cânticos, hinos e preces, prescrita de obrigação para os ministros ordenados e religiosos. Possibilita ao povo situar-se na grande tradição litúrgica da Igreja, adaptada à  sua realidade cultural e religiosa.

Após cantos iniciais, na motivação introdutória, Pe. Lucas convidou os participantes presenciais e conectados a celebrar o momento de oração em solidariedade com os excluídos e com os encarcerados, especialmente os do Presídio Estadual de Erechim, para os quais está sendo feita uma coleta de material de higiene.

O momento seguinte foi penitencial, com pedidos de perdão pelas falhas na construção de um mundo melhor, na escuta dos apelos de Deus história, pela indiferença com os excluídos, pelas palavras de ódio, pelas manifestações contrárias ofensivas à iniciativa do dia.

Seguiram-se agradecimentos pelas iniciativas de solidariedade em favor dos necessitados, também pelas manifestações de apoio ao ato em andamento.

Após a leitura do Evangelho do dia, narração da cura do homem da mão seca por Jesus num sábado, numa sinagoga, a reflexão ressaltou o gesto dele de chamá-lo para o centro e de curá-lo, em contraste com a atitude condenatória dos fariseus legalistas, cumpridores de preceitos, mas indiferentes em relação aos sofredores. Motivou a perceber atitudes semelhantes na realidade atual e a ter sempre atitudes de misericórdia e de cuidado com a vida de todos, especialmente com os descartados da sociedade, evitando que tenham de gritar ainda mais fortemente para terem condições de sobrevivência.

Na sequência, houve o momento de preces, concluídas com a oração do Pai nosso, invocação a Nossa Senhora e a bênção conclusiva.






© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA