top of page

Natal Marista 2023 reúne público de 2 mil pessoas e fala sobre inclusão

O evento acontece anualmente e conta com apresentações artísticas dos estudantes do Colégio Marista Medianeira


Dando luz ao tema “Mentes atuais. Corações atemporais”, os estudantes da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental do Colégio Marista Medianeira, o Grupo Musical e a Pastoral Marista das Infâncias (PMI), foram protagonistas do Natal Marista 2023, nos dias 4 e 5 de dezembro, no CTG Sentinela da Querência. Transmitindo mensagens de fé, alegria, amizade, inclusão, persistência e amor, os estudantes e educadores contaram histórias através da dança, do teatro e da música, finalizando com a representação do nascimento do Menino Jesus. As duas noites de evento foram transmitidas ao vivo pelo Youtube da escola, possibilitando que mais pessoas acompanhassem de suas casas as apresentações.

“O Natal, para mim, representa o nascimento do Menino Jesus, e é o momento mais lindo e esperado do ano. É quando damos graças pela família, pela saúde, pelo trabalho e por todas as bençãos que recebemos durante o ano. Vivenciar o Natal Marista como professora e como mãe de estudante é um momento ímpar, é uma possibilidade de criar memórias para toda a vida, de sentir o coração marista cheio de amor e orgulho com a certeza da proteção de Champagnat e da Boa Mãe”, destacou a professora do 3º e 5º ano e mãe das estudantes Laura e Maria Miszewski, do 5º ano, Cristine Miszewski.

Na primeira noite, os artistas que subiram ao palco foram os estudantes dos 3ºs, 4ºs e 5ºs anos do Ensino Fundamental. A abertura do evento ficou por conta do Grupo Musical do Colégio, que tocou e cantou músicas com mensagens de amor e esperança. Após, houve a apresentação da estudante do 6º ano, Isadora Zin, demonstrando uma das novas modalidades de Atividade Extraclasse que o Colégio irá oferecer em 2024: a Ginástica (Rítmica e Artística). Dentre os temas trazidos nas apresentações da 1ª noite, estavam Fé, Vida, Gratidão, Amizade, Respeito, Felicidade, Esperança, Acolhida, Coragem, Diversão e Memórias, além da encenação sobre a história de Jesus.

Para a mãe do estudante Sérgio Mendes Pereira Neto, do 4º ano EF, Giana Mendes, o Natal Marista proporcionou um momento mágico, onde o respeito, a superação e a empatia das famílias se deram as mãos. “Eu estava tensa, com medo do Serginho ficar incomodado com as luzes, som, movimento de pessoas. Fiquei com medo dele entrar em crise, se machucar e de estragar a apresentação dos colegas que se dedicaram tanto para esse momento. Não seria justo. Tivemos a insistência do professor Marco (que é muito mais que professor, é nosso anjo) para que o Serginho apresentasse. Quando eu vi ele entrando e se posicionando com o Marco lá no fundo, vi que ele estava curtindo, dançando, sorrindo. Me deu um alívio misturado com felicidade. Sim, só ali já foi um ganho que nos deixou feliz, porque ele estava aproveitando. As crianças dançaram lindamente, estão todas de parabéns, e quando elas se agacharam e eu vi o Serginho vindo, trazendo o planeta Terra....meu Deus!!!! Ele conseguiu!!!!! Ele fez parte!!! Foi muito choro!!! E eu acho que esse momento tocou o coração de todos os presentes, porque a energia foi intensa, todo mundo vibrou, aplaudiu, chorou. Foi incrível, foi mágico, foi emocionante. Queremos agradecer a escola, aos queridos colegas que o acolheram, às famílias e aos professores que se dedicam com todo coração para que o Serginho evolua.”

Na segunda noite, quem trouxe vida ao Natal Marista foram as crianças da Educação Infantil, e dos 1ºs e 2ºs anos do Ensino Fundamental. Dentre os temas abordados nas apresentações, estavam Gratidão, Ternura, Paz, Vida, Fé, Cuidado, Sorte, Amor, Sonho, Alegria e Esperança. O Natal deste ano reforçou a importância do respeito ao próximo e da inclusão como elementos fundamentais a serem ensinados através do exemplo para as crianças e jovens, tanto em casa, como na escola.

“Através do tema “Mentes atuais e Corações atemporais”, o Natal marista 2023 proporcionou momentos de reflexão e vivências sobre valores importantes do cotidiano da escola e das famílias, como o respeito, o amor, a acolhida, a inclusão, o cuidado e outros, em sintonia com os ensinamentos do Menino Jesus, na Manjedoura. O amor de Deus que se manifestou na Noite de Natal, deve continuar inspirando a humanidade na concretização da civilização do amor”, finalizou o Coordenador de Pastoral do Colégio, Cezar Menegat.

Comentários


bottom of page