Mais de 800 projetos liberados em menos de oito meses

Um dos projetos liberados neste ano é para construção de um residencial de 27 pavimentos, que será o prédio mais alto de Erechim


A Prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Obras Públicas, Habitação, Segurança e Proteção Social liberou no mês de julho 129 projetos de edificações, entre eles remembramento, parcelamento de solo, loteamentos, planilha de individualização, entre outros.

Entre a demanda reprimida e os novos projetos para liberação são cerca de 1.300 processos. Destes, 826 projetos já foram liberados, o que aponta um saldo positivo em relação ao ano anterior. Segundo dados do Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliária de Erechim (Sinduscon) em 2020 o total no ano foi de 697 projetos aprovados.

Um dos projetos liberados neste ano, está sob responsabilidade do engenheiro civil, Gilmar Fiebig Filho, para construção de um residencial de 27 pavimentos, que será o prédio mais alto de Erechim. “A celeridade e a desburocratização na análise dos projetos é fundamental para o desenvolvimento da cidade, das empresas, e das pessoas que moram aqui. Nós temos percebido esse comprometimento, que alavancam as construções e os investimentos, gerando empregos e movimentando a economia local”, explica.

Conforme o secretário de Obras Públicas, Habitação, Segurança e Proteção Social, Mario Rossi, o avanço nas liberações dos projetos é resultado de um trabalho em equipe. São em média 10 dias para o procedimento de liberação. “Nós buscamos dar agilidade nos processos com a realização de uma força tarefa. Com esse andamento nas análises fizemos com que o empreendedor tivesse um apoio do poder público para dar sequência no processo dele”, explica.