Mais de 10 mil eleitores não fizeram biometria em Erechim

Atualizado: Mar 13

Quem não realizou o procedimento terá o título cancelado e não poderá votar nas eleições municipais deste ano

O prazo para o recadastramento biométrico terminou ontem nesta quarta-feira e mais de 10 mil eleitores erechinenses não realizaram o procedimento. Esse público corresponde a quase 13% da população votante de Erechim. Segundo consta no site do Tribunal Regional Eleitoral, o número exato de eleitores que não fez a biometria é de 10.216.


Apesar de o prazo para a realização do procedimento ter iniciado em março do ano passado, o último dia de atendimentos foi marcado por filas no cartório eleitoral, que realizou expediente durante todo o dia, sem intervalos. Os eleitores que não fizeram o recadastramento tiveram seus títulos cancelados e, além de não poder votar nas eleições municipais desse ano, ficam impedidos de fazer passaporte, renovar carteira de identidade, se matricular em instituições públicas de ensino, entre outras restrições.

A Justiça Eleitoral segue agora com prazo até o dia 6 de maio para quem quiser regularizar a situação. É necessário preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. Neste ano o primeiro turno das eleições municipais será realizado no dia 4 de outubro. Nas cidades onde ocorre segundo turno, a data será no dia 25 de outubro.

Por: Najaska Martins Foto: EBC

© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA