Médico erechinense recebe 2ª dose de vacina contra a Covid19 nos EUA

Alan Dal Prá é radio-oncologista e pesquisador na Universidade de Miami, na Flórida e defendeu que a vacinação não é uma atitude política, mas uma das únicas formas de conter a pandemia


Enquanto para muitos brasileiros a vacinação contra a Covid19 é uma realidade próxima, porém, ainda no campo de perspectivas, já que a previsão de início da vacinação é para o fim desse mês, um erechinense recebeu na semana passada a segunda dose do imunizante. Alan Dal Pra nasceu em Erechim, é médico radio-oncologista e pesquisador na Universidade de Miami, na Flórida, Estados Unidos, país onde a vacinação já começou.


Em depoimento à Rádio Virtual FM ele falou sobre o processo de imunização, explicando que recebeu a primeira dose do imunizante no dia 15 de dezembro e a segunda no dia 6 de janeiro. Durante o período, ele afirma que seguiu com suas atividades profissionais habituais, bem como atividades físicas regulares sem nenhuma complicação.


Alan Dal Prá explicou que os sintomas mais comuns da vacina são dor muscular na área da aplicação, cansaço e até sintomas gripais. No entanto, ele relatou não ter sentido nenhum dos efeitos adversos. Em sua fala, ele destacou ainda, enquanto profissional de saúde, que a vacinação não é uma atitude política, mas uma das únicas formas de conter a pandemia, baseada em ciência da mais alta qualidade. Pelas redes sociais, ao receber a primeira dose do imunizante, Dal Pra publicou uma foto, seguida da seguinte mensagem: “Isto é uma injeção de sentimentos misturados. Pensando em todas as vítimas dessa pandemia, mas uma injeção de gratidão, orgulho e esperança. Temos que confiar na ciência”.



Por: Najaska Martins