Geração de empregos: Erechim encerra 2020 com saldo de 643 vagas de trabalho formal




Depois de uma sequência de cinco meses consecutivos registrando mais contratações do que demissões, Erechim registrou em dezembro saldo negativo na geração de empregos formais. Ao todo, 1.115 pessoas foram contratadas, enquanto 1.254 foram demitidas, o que resultou em 139 vagas de trabalho com carteira assinada no mês. Apesar disso, no acumulado do ano, de janeiro a dezembro de 2020, o município registrou bom desempenho, tendo acumulado 643 admissões a mais do que desligamentos.

Os dados foram divulgados nessa quinta-feira (28) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Ao longo do ano passado, o único setor que não registrou mais contratações do que demissões foi o de serviços, que fechou 2020 com saldo negativo de 218 vagas. Por outro lado, a indústria foi a que registrou maior movimentação durante o ano, tendo somado 5.521 contratações, e 4.774 desligamentos, o que resultou em saldo de 474 vagas. O comércio também acumulou saldo positivo no ano passado, com saldo de 95 vagas de trabalho. Ao longo de 2020, o comportamento do emprego formal em Erechim seguiu a mesma linha do país, iniciando o ano positivo. Nos meses imediatamente seguintes às medidas de isolamento devido à pandemia houve queda significativa na geração de empregos. A recuperação iniciou em julho e, até novembro, os saldos mensais de vagas de trabalho se mantiveram positivos.



Desempenho da geração de empregos em dezembro de 2020



Desempenho da geração de empregos durante todo o ano de 2020