top of page

Festa Di Bacco de 2024 será reestruturada e voltará a ter desfile cultural temático


Secretário de Gestão e Governança, Edgar Marmentini, afirmou que a reunião foi o ponto de partida para construção da nova proposta da feira, que é fazer um resgate cultural, da diversidade étnica e, também, valorizar a agricultura familiar



Integrantes da administração municipal, Emater, Sutraf Erechim, Comissão da Uva, Feira do Produtor e grupos culturais, realizaram uma reunião, no Salão Nobre, na manhã desta quinta-feira (18), para organizar e planejar a Festa Di Bacco de 2024, e, principalmente, reestruturar o evento. A previsão é que a programação inicie no mês de agosto e se estenda até janeiro de 2024, encerrando com a comercialização da uva.

Na ocasião, o secretário de Gestão e Governança, Edgar Marmentini, afirmou que a reunião foi o ponto de partida para construção da nova proposta da feira, que é fazer um resgate cultural, da diversidade étnica e, também, valorizar a agricultura familiar.

“A Prefeitura de Erechim apoia a Festa Di Bacco, e esta nova proposta de programação e marca do evento, vamos valorizar, também, a uva, a agricultura familiar, as agroindústrias e outras frutas produzidas aqui. O foco será nos produtores e agroindústrias locais”, ressalta o secretário, Edgar Marmentini.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, destacou a importância da realização do edital de chamamento público para quem quiser organizar o evento e, também, participar da programação. “O credenciamento e suporte legal são necessários”, disse.

O presidente da Festa Di Bacco, Charles Oldoni, disse que esta nova edição da Festa Di Bacco será um evento cultural e de lazer, com o objetivo de reestruturar a festa. “E o apoio da prefeitura é muito importante”, disse.

O vice-presidente, Marino Slongo, destaca que a festa servirá, também, para resgatar outras programações como o Festival do Vinho e a produção de uva no município. “Este é um evento que precisa de força coletiva”, observa.

A programação vai ter escolha da corte, lançamento da festa numa propriedade rural, Festival do Vinho, abertura da safra, dias de comercialização, jogos típicos, e um grande desfile cultural temático, com cerca de mil participantes. “Vamos contar uma história na avenida no desfile. Será uma programação nova para resgatar a cultura e fomentar o turismo”, disse, Charles Oldoni.

A Festa Di Bacco é uma promoção da Prefeitura de Erechim, em parceria com a Emater Erechim, Sutraf Erechim, Comissão da Uva, Feira do Produtor, e grupos culturais italianos.


Comentarios


bottom of page