Escolas Ruther e Caras Pintadas inauguram o Marco do Centenário

No último sábado, 20, com a presença do prefeito Luiz Francisco Schmidt, do vice Marcos Lando, da secretária de Educação, Vanir Bombardelli, da adjunta Angela Socol, alunos, pais e convidados, foram inaugurados os Marcos em homenagem ao Centenário de Erechim, com o tema “Passado e Presente, Construindo a história de Erechim” junto a EMEI Ruther Alberto Von Muhlen e “Mãos que constroem história” na Caras Pintadas.  

EMEI Ruther

Na condução dos trabalhos, a diretora Márcia Fátima Alves pontuou que a criança sempre esteve presente em todo o processo ao longo da construção da história do Centenário de  Erechim. “Desde o início da colonização, quando acompanhava a família calçando as botas amarelas, abrindo caminhos para a colonização, até os dias atuais calçando tênis e manuseando equipamentos da era da tecnologia a criança é protagonista desta história de desenvolvimento. Pensando em valorizar e homenagear esta criança foi projetado a construção do Marco do Centenário na escola”.

O marco foi construído partindo de um pilar que sustenta uma caixa de cimento onde nas quatro laterais estão registrados, através de pinturas, elementos significativos. Representando a criança “bota amarela” de 1918, foi fixada na parte superior do marco, um par de botas infantil amarelas e a criança de 2018 está representada por um par de tênis infantil. Estes pares estão dispostos de maneira que simbolicamente representem um encontro do passado e presente rumando ao futuro. Foi pintada uma frase numa das laterais com os dizeres “Passado e presente construindo a história de Erechim”, dando significado aos calçados que estão na parte superior.

Na lateral que ficará exposta para a rua, foi feito a pintura do Castelinho. Na lateral que ficará direcionada ao corredor de acesso à escola, foi fixada  uma placa homenageando o centenário “A EMEI RUTHER ALBERTO VON MÜHLEN HOMENAGEIA O CENTENÁRIO DE ERECHIM”.

Na quarta lateral foi feita a pintura de um baú com detalhes em vidro, através do qual é possível avistar o interior do marco. Este baú será a representação de um presente da escola para as crianças do futuro com os dizeres: ”Mensagem para o futuro, abra em 2040”.

Cada turma fez um registro para depositar dentro do marco. A escola organizou um álbum com dados e fotos dos funcionários, professores e das turmas, atendidas no ano do centenário. Os documentos serão depositados dentro do marco e ficarão lacrados até o ano de 2040, quando a escola completará 50 anos.

Caras Pintadas

Na oportunidade, a diretora Juliana Antunes da Silva pontuou a todos os presentes, a satisfação de receber a todos, para juntos passar momentos agradáveis de integração Família e Escola.

“Este momento será lembrado por muitos anos, pois no Ano do Centenário de Erechim a Escola Municipal de Ensino Fundamental Caras Pintadas, apresenta a toda Comunidade Escolar o Marco do Centenário de nossa escola, que representa a passagem de muitos cidadãos que neste educandário construíram e compartilharam seus conhecimentos”.

O Marco representa a passagem dos estudantes pela escola desde a sua fundação há 25 anos até os dias de hoje. Cidadãos que ajudaram a construir a história de nosso município.

Formado por marcas de mãos de estudantes da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Fundamental II. Bem como da Educação Inclusiva, que formam uma árvore que nasce, cresce e produz frutos.

As mãos do estudante de Educação Infantil representam os primeiros ensinamentos de seus familiares que serão cultivados na escola. As mãos do estudante de Ensino Fundamental I e Educação Inclusiva mostra que todos têm condições de superar as suas dificuldades, por fim, as mãos do estudante do Ensino Fundamental II representam o esforço e dedicação de todos na construção da aprendizagem. O tema do Marco é “Mãos que Constroem a História”.                  

© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA