top of page

Erechim sedia Seminário Internacional do Observatório do Rio Uruguai


Evento que acontece até 24 agosto é realizado no Campus da Universidade Federal



Entre os dias 22 e 24 de agosto, Erechim sedia o Primeiro Seminário Internacional do Observatório do Rio Uruguai. O evento, realizado no Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), tem como principal objetivo fomentar a rede entre pesquisadores e gestores na área de recursos hídricos, buscando a preservação das águas da bacia hidrográfica transfronteiriça do Rio Uruguai.


Estiveram presentes o prefeito de Erechim, Paulo Polis; o secretário de Meio Ambiente da Capital da Amizade, Cristiano Moreira; o diretor da UFFS, professor Luís Fernando Santos Corrêa da Silva; prefeitos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina; gestores públicos e representantes das entidades e instituições participantes.


Além disso, os encontros proporcionaram sistematizar trabalhos científicos com foco na preservação dos recursos hídricos da bacia do Rio Uruguai; promover a integração entre pesquisadores, gestores e players inseridos na pesquisa e na gestão dos recursos hídricos no Brasil/Argentina/Uruguai, além de fomentar o diálogo entre as diferentes esferas do poder público dos três países com vistas à divulgação dos trabalhos já efetuados pelo Observatório das águas do Rio Uruguai.


Para o prefeito de Erechim, essas atividades são fundamentais para a manutenção dos recursos hídricos e preservação do meio ambiente. “A preservação e a conservação dos recursos naturais são um dos pilares do desenvolvimento sustentável, em conjunto com os pilares econômico e social. Além disso, temos em mãos um dos maiores tesouros deste século e, em contrapartida, a difícil tarefa de preservá-lo. Os recursos hídricos também estão diretamente ligados a quase todas as atividades humanas, como econômicas, a exemplo da produção agrícola e em indústrias. Por isso, a gestão do uso da água é importante para garantir o seu uso sustentável, garantindo abastecimento para todos os setores e para as futuras gerações”, disse o prefeito Paulo Polis.


O secretário de Meio Ambiente, Cristiano Moreira destacou a realização do Programa de Recuperação Hídrica e Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA), que tem como objetivo incentivar a preservação de recursos hídricos da cidade. “Esse programa realizado pela Secretaria de Meio Ambiente de Erechim é uma importante ferramenta nessa jornada, incentivando práticas responsáveis e contribuindo para a construção de um futuro mais sustentável. Além disso, temos como principal objetivo a conservação da água e do solo em propriedades rurais por meio da redução da erosão, do assoreamento dos mananciais e do incremento da vegetação em beiras de rios e nascentes, com foco no reconhecimento e pagamento aos produtores rurais que aderirem voluntariamente ao programa. O programa tem como objetivo abranger as Bacias Hidrográficas dos Rios Leãozinho, Ligeirinho, Campo, Cravo, Suzana e Dourado, sendo todos os rios que atravessam o nosso município. Com isso, pretendemos reconhecer os agricultores que estão fazendo seu papel em preservar e garantir a saúde e o abastecimento de nosso município”, disse o secretário Cristiano Moreira.


Instituições participantes

Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) União dos Parlamentares Sul-Americanos e MERCOSUL (UPM) Fórum Permanente de Preservação e Conservação do Rio Uruguai e Aquíferos Guarani/Serra Geral Rede Guarani/Serra Geral (RGSG)

Ministério do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas (MMA)

Ministerio de Ambiente y Desarrollo Sostenible de la Republica Argentina

Ministério Público do Estado de Santa Catarina

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)

Ministerio de Obras Públicas da Argentina

Secretaria de Meio Ambiente de Santa Catarina (SEAMAE)

Órgãos de Gestão de Recursos Hídricos dos estados de SC e RS

Secretaria de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul (SEMA)

Comentarios


bottom of page