top of page

Erechim registra alta procura na vacinação contra gripe



Com apenas dois dias da Campanha de Vacinação Contra a Gripe, as Salas de Vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Erechim registraram uma grande procura pelo imunizante. Um exemplo foi a aposentada Vilma Onetta, de 88 anos que estava ansiosa pela chegada da vacina. “Todos os anos eu me vacino contra a gripe para evitar a doença e aconselho a todos que podem que venham se vacinar. A vacina é segura e protege a gente contra as doenças”, disse.


A Prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Saúde, iniciou na segunda-feira (25) a Campanha de Vacinação Contra a Gripe. Tradicionalmente realizada em todo o Brasil entre os meses de abril e maio, neste ano, a campanha terá início no dia 25 de março, em razão do aumento da circulação de vírus respiratórios no país.

A vacina utilizada é trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação, protegendo contra os principais vírus em circulação no Brasil. Erechim recebeu 4.170 doses que serão destinadas para os grupos prioritários, em todas as UBS no horário das 08h30 às 11h e das 13h às 16h30 e a UBS Centro das 8h30 as 18h sem fechar ao meio dia.


Para a secretária de Saúde, Éclesan Palhão é fundamental destacar a importância das vacinas na prevenção de doenças. “A vacinação é a forma mais eficaz de prevenção contra a doença e suas complicações. Uma ampla cobertura vacinal contra a gripe é a forma mais eficaz de diminuir a circulação do vírus. Assim, não é uma proteção apenas individual, mas para toda a sociedade. Portanto, quem fizer parte desse grupo nessa primeira etapa da campanha, procure a sua Unidade de Saúde e vacine-se”, destaca a secretária de Saúde.


O prefeito de Erechim, Paulo Polis, destaca a importância das pessoas tomarem a vacina contra a gripe. “É muito importante que todas as pessoas que fazem parte do grupo prioritário inicial tomem a vacina. Precisamos ampliar a cobertura vacinal, e assim, evitar que a população seja acometida pelos vírus respiratórios que estão circulando. Tomar a vacina significa cuidar de si e do próximo. Vamos nos prevenir. Vacinas salvam vidas”, disse o prefeito.

Veja quem pode se vacinar nessa primeira etapa:

• Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;• Crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;• Trabalhadores da Saúde;• Gestantes;• Puérperas;• Professores dos ensinos básico e superior;• Povos indígenas;• Idosos com 60 anos ou mais;• Pessoas em situação de rua;• Profissionais das forças de segurança e de salvamento;• Profissionais das Forças Armadas;• Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);• Pessoas com deficiência permanente;• Caminhoneiros;• Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);• Trabalhadores portuários;• Funcionários do sistema de privação de liberdade;• População privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos).

--

Comments


bottom of page