Erechim alcança metas do Ideb no ensino médio

Atualizado: Out 1

Nos anos iniciais do ensino fundamental também foram superadas as metas previstas, mas nos anos finais as notas ficaram abaixo do esperado

Foto: EBC Texto: Najaska Martins

Erechim alcançou a meta prevista para o ensino médio no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, considerado o principal indicador de qualidade da educação brasileira. O indicador é calculado a cada dois anos para o ensino fundamental e para o ensino médio, com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

No caso do ensino médio, as escolas públicas saltaram de 4,3 em 2017, para 4,6 no ano passado, superando a meta prevista, que era de 4,3. A nota obtida em 2019 está acima, inclusive, da meta estipulada para o ano de 2021, que é de 4,5. Na avaliação por escola, entre as instituições da rede pública daqui de Erechim, o destaque é o Colégio Estadual Professor Mantovani, que atingiu nota 5,2. Outro destaque positivo foi para a Escola Estadual Dr. João Caruso, que teve nota 4,4, superando a meta prevista pra esse ano que era de 3,9. Na edição de 2017 o Ideb da escola João Caruso havia sido de 3,7.

Nem todas as escolas tiveram os dados de desempenho individual divulgados, tendo em vista que o número de participantes no SAEB foi insuficiente. Outras instituições de ensino não participaram ou não atenderam os requisitos necessários para ter o desempenho calculado.

A escola estadual Sidney Guerra obteve nota 4 no Ideb para o ensino médio, enquanto a escola estadual Érico Veríssimo, alcançou pontuação 3. A nota da Escola Estadual José Bonifácio foi 4,2.


Anos iniciais do ensino fundamental superam metas mais uma vez

Além do ensino médio, os anos iniciais do ensino fundamental, que contemplam a quarta série e o quinto ano, também tiveram desempenho positivo no Ideb, a exemplo do que vinha ocorrendo nas divulgações anteriores. A meta prevista para essa etapa neste ano era de 6,4 e a nota obtida foi de 6,6. Assim como no ensino médio, a Escola Estadual Professor Mantovani foi uma das que alcançou maior nota entre as que atingiram as metas, com 7,6. O grande destaque foi a Escola municipal Jaguaretê, que teve nota ainda maior, com 7,8, ficando como a melhor colocada nesta etapa de ensino. Como essa foi a primeira vez que a instituição participou do Ideb, ela não tinha meta a ser alcançada.

Já nos anos finais, que compreendem a oitava série e o nono ano, o município obteve nota 5, enquanto o esperado era 5,8. Nessa etapa, apenas a Escola Municipal Paiol Grande alcançou a meta prevista.

CONFIRA AS NOTAS POR ESCOLA



© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA