top of page

Empresários conhecem os bastidores do Ypiranga Futebol Clube


Após visita técnica, promovida pela ACCIE Jovem, participaram de um bate papo sobre a gestão do clube





A ACCIE Jovem promoveu, na noite desta terça-feira, 31 de outubro, uma visita guiada ao Estádio Colosso da Lagoa, onde a história do Ypiranga Futebol Clube ganhou vida em cada canto, relatada com fatos históricos pelo presidente do Canarinho, Adilson Stankiewicz. A jornada iniciou pela entrada principal, passou pela loja de produtos licenciados, vestiários, academia e seguiu para o campo que tem capacidade hoje para 12 mil torcedores.

Seguindo o passeio, foram visitados o Salão Nobre onde está a galeria de ex-presidentes e troféus, a sala de imprensa, camarotes e o Camarote Pelé 1040. Este camarote é uma homenagem ao Rei Pelé, que marcou em Erechim, no dia 2 de setembro de 1970, o primeiro gol do estádio e o de número 1040 em sua carreira.

DESVENDANDO A GESTÃO DE UM CLUBE DE FUTEBOL

Após a visita técnica, os empresários participaram do painel “Gestão de Clube Esportivo: O caso do Ypiranga Futebol Clube”, com o presidente Adilson e o gerente de futebol Fernei Coelho, coordenado pelos diretores da ACCIE Jovem Vanderlei Carminatti e Matheus Cavaletti.

Os palestrantes comprovaram a vasta experiência que têm no esporte e partilharam as suas perspectivas sobre a gestão de um clube de futebol, permitindo uma visão única das operações nos bastidores. Adilson lembrou da sua chegada à presidência, em 2018, como se encontrava o Clube, as dificuldades e o trabalho desenvolvido para chegar até hoje, momentos de muitas lutas, incertezas, mas também muitas vitórias.

Fernei Coelho, que chegou no Clube há dois anos, falou da sua história e dos limites da folha de pagamento, destacando que os jogadores não têm altos salários, mas são compensados em dias de vitória e pela qualidade de vida de morar em Erechim. Ambos destacaram as parcerias firmadas com os empresários locais e apoiadores que investem na infraestrutura do estádio e no próprio Clube.

UMA GESTÃO FINANCEIRA CONTROLADA

Segundo o presidente Adilson Stankiewicz, o orçamento atual do Ypiranga é de R$ 12 milhões, não há atrasos de salários, zero processos trabalhistas, trabalhando no limite, como qualquer clube de futebol, mas com situação financeira totalmente controlada. “Todo recurso que entra acaba saindo e o objetivo é a conquista de títulos, vencer, ser competitivo”, encerrou.

O COLOSSO DA LAGOA: MAIS QUE UM ESTÁDIO

O que todos puderam perceber é que o Colosso da Lagoa não é apenas um estádio, mas um monumento dedicado à paixão que a comunidade, empresários e associados têm pelo futebol que tem impulsionado o clube de Erechim ao longo dos anos.


Comments


bottom of page