top of page

Documentário sobre o Belas Artes será lançado nesta quinta-feira


Belas Artes: Ontem, Hoje e Sempre conta com depoimentos de ex-alunos, ex-professores, entre outras pessoas que marcaram a história.



Com a produção executiva e coordenação geral de Nair Rocha Dutra, direção-geral e roteiro de Patrick Menegazzo, direção de arte de Cléo de Páris, estreia nesta quinta-feira (13), o documentário: “Belas Artes: ontem, hoje e sempre”, que conta a história de mais de 60 anos do Centro de Belas Artes Osvaldo Engel – cultural, técnico e profissional.


O documentário tem financiamento do Pró-Cultura RS, Secretaria da Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, com patrocínio das empresas Cavaletti, Cercena, Erva-mate Cristalina, Perfil Metais, Sementes Estrela e apoio da Sicredi UniEstados, Movie Arte Cinemas e URI Erechim.


O projeto iniciou em agosto de 2022, passou por diversas etapas como pesquisa histórica, entrevistas, elaboração de roteiro, filmagens e edições – para chegar até o material que poderá ser assistido de graça no cinema. Entre as participações estão a modelo Alessandra Ambrosio, que é erechinense e fez aulas de ballet no Belas Artes, músicos tradicionalistas como Gildinho e Chiquito, entre outros talentos. O material tem narração da atriz Patricia Pillar.


O diretor-geral da obra e roteirista, Patrick Menegazzo, comentou da importância do projeto para ele e para a atriz Cléo de Páris, que são ex-estudantes do Belas Artes. “A gente se conheceu na pandemia e descobrimos a coincidência que somos ex-alunos do Belas Artes. A Cléo esteve na escola fazendo ballet por quase dez anos e eu por aproximadamente dois anos fazendo teatro e a gente pensou: poxa, essa escola deu tanto pra tanta gente, assim como pra nós, porque não contar a história? Durante a pandemia começamos a pensar neste projeto, depois conseguimos captar recursos para a realização e demos início a essa trajetória. A ideia é jogar luz sobre os principais fatos, personagens e personalidades sobre esses mais de 60 anos e ficamos encantados com tantas histórias, com a riqueza das informações e pela quantia de pessoas que já passaram pelo Centro de Belas Artes. Foi um trabalho de grande satisfação, aprendizado, muito trabalho, muita coleta de informações, pré-entrevistas, pesquisa e agora vamos apresentar esse longa-metragem para comunidade, um filme com quase duas horas de duração”, ressalta Patrick.


A secretária de Cultura e Esporte, Carla Talgatti, comentou da importância do material para a história do Belas Artes. “Recentemente nosso Bela Artes passou por mudanças, mas com intuito de valorizar ainda mais a relevância artística cultural que ele tem para nosso estado. Estamos felizes que estes talentos, liderados pelo Patrick, tenham proposto um trabalho tão bonito e com certeza terá uma importância história muito especial”, destacou a secretária.


Como assistir


O documentário poderá ser assistido nos dias 13, 14 e 15 de abril, sempre às 20 horas, no Movie Arte do Master Sonda Shopping. A entrada é gratuita, sendo necessário retirar o ingresso previamente no cinema. Além da exibição gratuita, o projeto prevê distribuição de DVDs em escolas, bibliotecas, entre outros espaços culturais.


Saiba mais nas redes sociais – Facebook e Instagram.

Comentários


bottom of page