top of page

Cresol amplia o pagamento de juros ao capital social

A Cooperativa Financeira irá creditar o valor de R$ 100 milhões na conta capital dos cooperados


Às vésperas de finalizar 2022, a Cresol já tem grandes motivos para comemorar mais um ano de trabalho bem-sucedido. A Cooperativa é um dos principais exemplos do quanto o cooperativismo é um modelo de sucesso. Além de contar com mais de 780 mil associados e estar presente em 18 estados do país, este ano, a cooperativa financeira somou mais de R$ 100 milhões proveniente de juros ao Capital Social.

O valor será creditado na conta capital, como parte dos resultados da Cresol, destinado a todos seus cooperados. Trata-se de um montante 232% maior do que o resultado do ano anterior (2021), que foi de aproximadamente R$ 43 milhões.

“Em decorrência da pandemia, nós tivemos um cenário econômico bem desafiador nos últimos dois anos, então ter resultados expressivos como este é muito gratificante, além de ser um forte indício de que estamos no caminho certo e que o sistema cooperativista tem conquistado cada vez mais o seu espaço. Este resultado reflete além do bom desempenho do negócio, o momento atual da nossa economia, cuja taxa selic acima de 13% é bastante favorável para quem tem dinheiro investido”, explica o vice-presidente da Cresol Confederação, Adriano Michelon.

Entendendo como funciona a remuneração de Juros ao Capital Social

No cooperativismo de crédito, o patrimônio é formado pelo capital social de diversas pessoas que juntas contribuem com o funcionamento da instituição para que ela possa operar e crescer. Todo ano essa aplicação é remunerada com juros, o que reforça a solidez das cooperativas Cresol que têm como foco o relacionamento com seus cooperados.

Além de funcionar como uma espécie de previdência, com uma remuneração justa para que o recurso seja valorizado anualmente, o capital social representa o fortalecimento do patrimônio líquido da cooperativa, além de transparência na gestão dos recursos.

“Vale ainda reforçar que o capital social também é uma fonte de recursos com menor custo e possibilita que os cooperados obtenham linhas de crédito com prazos maiores de pagamento. Isso demonstra o quanto essa relação acaba sendo uma via de mão dupla, pois é vantajoso para o cooperado, mas também é uma forma de trazer estabilidade financeira e segurança para a instituição, sendo muito importante para a evolução da Cooperativa”, completa Michelon.

Sobre a Cresol

Com 27 anos de história, mais de 780 mil cooperados e 728 agências de relacionamento em 18 estados, a Cresol é uma instituição financeira que está se consolidando entre as principais cooperativas financeiras do País. Com foco no atendimento personalizado, a Cresol fornece soluções financeiras para pessoas físicas, empresas e empreendimentos rurais.

bottom of page