top of page

Cooperfamilia entrega 15 toneladas de alimentos em 8 dias


Cooperativa vinculada ao SUTRAF-AU entregou alimentos por meio do PAA e a entidades que auxiliam famílias em vulnerabilidade social


Trabalhando em benefício da agricultura familiar, é dessa forma que a Cooperfamília vinculada ao Sindicato Unificado dos Trabalhadores do Alto Uruguai - SUTRAF-AU trabalha, unindo agricultores familiares de toda a região e entregando mais saúde e alimentação saudável à população da cidade.

De acordo com o presidente da Cooperfamilia, Isaías Wastchuck, somente nos últimos 8 dias úteis, 15 toneladas de alimentos foram entregues à população por meio do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos e do programa de Alimentação Escolar.  “Nós ficamos muito felizes de poder realizar esse trabalho, ajudando na renda das famílias do campo e também nas populações da cidade”, disse.

O coordenador do SUTRAF-AU, Alcemir Bagnara, destacou que os alimentos saudáveis contribuem para a saúde de famílias em situação de vulnerabilidade social e de alunos das escolas públicas de Erechim.

A Cooperfamília está fornecendo frutas, hortaliças e produtos de panificação. Por meio do PAA, serão destinados alimentos pelo período de seis meses às entidades assistenciais como Sesc, APAE, Obra Santa Marta, Cantinho da Luz e Aprovi – Associação de Proteção à Vida.


Alimentos que beneficiam a agricultura familiar

O agricultor, Jussiano Sargenheski de Barão de Cotegipe, conta que trabalha com os pais e dois irmãos na propriedade familiar. “Trabalhamos desde 2015 nas entregas para escolas para Erechim fornecemos cenoura, beterraba e aipim com casca. O PAA é de grande ajuda, um importante incentivo para gente continuar na atividade, porque o preço é melhor que o valor do mercado hoje, sendo muito importante para manter a gente no interior e a juventude no campo porque está bem escasso, a juventude não fica mais na lavoura e aquela que ficam trabalham com grão. Então esperamos que possamos continuar a trabalhar entregando alimentos de qualidade para as pessoas e com condições de nos mantermos no campo”, disse.


Famílias beneficiadas com alimentos saudáveis

A integrante da coordenação regional do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, Grasiele Berticelli, destaca que só a entidade beneficia aproximadamente 200 famílias. “Esse retomado do PAA tem uma importância muito grande, por estar comprando alimentos da agricultura familiar, valorizando, fazendo essas compras direto da agricultura familiar, e levando comida para quem tem fome”, disse.

Grasiele conta que famílias de diversos bairros de Erechim recebem os alimentos. “Famílias urbanas de bairros populares como Presidente Vargas, Agrícola, São Vicente de Paula, Florestinha, Copas Verdes, Progresso, Cristo Rei, bairro União, temos algumas pessoas do Parque Lívia. Essa é a população que está sendo beneficiada, são famílias de baixa renda, na grande maioria chefiadas por mulheres, que principalmente pós-pandemia precisam dessa ajuda, muitos são beira-trilhos, então temos a pauta da moradia e essa destinação de alimentos é muito importante, para garantir uma alimentação adequada para essas famílias, sendo fruto da luta do povo por um governo popular”, pontuou. 



Isaías Wastchuck presidente da Cooperfamilia 

--

Comentários


bottom of page