Conselho Municipal de Educação visita a EMEI Barão do Rio Branco

Conselho realiza acompanhamento, buscando garantir segurança e condições para o desenvolvimento das atividades escolares e de aprendizagem.

Na terça-feira (24), o Conselho Municipal de Educação (CME) de Erechim, realizou por meio de uma Comissão, visita à Escola Municipal de Educação Infantil Barão do Rio Branco, com o intuito de cumprir com o papel de órgão normatizador da Educação. A Comissão dessa visita foi formada pela presidente Denise Aparecida Martins Sponchiado, representante das Universidades de Pedagogia; pela vice-presidente Márcia Teresinha Lando Borges, representante do Poder Executivo / SMEd; pela Andressa Luisa Markievicz Davi Cerutti, representante das Mantenedoras da Rede Privada; e por Natiele Collet representante dos Pais de Estudantes.

Considerando o retorno das aulas presenciais e com a finalidade de transmitir tranquilidade às famílias que mantém seus filhos matriculados nas Escolas do Município, o Conselho realiza acompanhamento, buscando garantir segurança e condições para o desenvolvimento das atividades escolares e de aprendizagem.

A EMEI Barão do Rio Branco devido a sua abertura, já tinha sido visitada no início do ano, ocasião que o CME apontou sugestões de melhorias as quais foram acolhidas pela Direção e pela Secretaria de Educação. Nessa visita foram observadas todas as questões que cabem ao CME fiscalizar para que as crianças tenham segurança, acolhimento e cuidado.

“O Conselho apontou sugestões para melhorias em sua primeira visita à Escola, sendo que foi observado o acolhimento das mesmas ou a justificativa para cada apontamento. O Conselho busca, da mesma forma que a Escola, a excelência e evolução da Educação em nosso Município”, pontua a vice-presidente do CME, Márcia Borges.

O CME na representatividade dos diferentes segmentos observou que a EMEI Barão do Rio Branco está em condições para o atendimento às crianças e ressalta que essa ação será realizada dentro de um cronograma as demais Escolas que fazem parte do Sistema Municipal de Ensino, inclusive as privadas que a Prefeitura compra vagas.