top of page

Comissão Pró-APAE recebe Federação que vai auditar entidade



Na tarde desta quinta-feira (03), a Comissão Pró-APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), composta por representantes do Poder Executivo, Legislativo, APAE, Procuradoria Jurídica, responsáveis e familiares, receberam no Salão Nobre da Prefeitura de Erechim, os representantes da Federação das Apaes do Estado (FEAPAES-RS), com o presidente Afonso Tochetto e o coordenador de Eventos e Prestação de Contas, Cláudio Pizzatto.


Depois do conhecimento da situação financeira da entidade, no mês de setembro a comissão foi formada. Diante disso, o município homologou uma lei e terceirizou os serviços de transporte da APAE Erechim, mediante que as contas da entidade fossem prestadas à Comissão Pró-APAE. O secretário de Gestão e Governança, Edgar Marmentini, comenta que os recursos repassados pela Câmara de Vereadores já devem representar economia para entidade. “Só na parte do transporte, a APAE gastava R$ 36 mil mensalmente. Essa foi uma medida dos vereadores, de encaminhar recursos para ajudar a instituição que passa por problemas financeiros”, comenta o secretário. Além disso, entre todos os serviços contratados da APAE, somados os recursos da saúde, assistência social e educação, e recursos vinculados, o valor destinado pela Administração Municipal chega a R$ 1 milhão por ano.


Conforme explica a secretária adjunta de Administração, Aline da Costa, a FEAPAES-RS se comprometeu com uma auditoria na unidade de Erechim, após pedido da APAE. “Para termos um trabalho ainda mais transparente, a comissão solicitou apresentação das contas da APAE, que já tomou medidas para agendar a auditoria na entidade, que deve ficar pronta em até 20 dias e serão apresentadas receitas, despesas e medidas para solucionar o déficit financeiro da instituição que atende 357 pessoas, mesmo tendo capacidade para 240”, pontua a secretária adjunta.


bottom of page