Colegiado de Primeiras-Damas da AMAU informa o Santa Terezinha sobre compra de touca inglesa

A coordenadora do Colegiado de Primeiras-damas da Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU), Silvana Bettega, acompanhada das primeiras-damas de Barra do Rio Azul e de Campinas do Sul, Rafaela Sette e Daniela Batistti, e a secretária executiva da AMAU, Suélen Brun, estiveram nesta terça-feira, 4 de outubro, na Fundação Hospitalar Santa Terezinha, conversando com o diretor Executivo, Márcio Antunes Pires. Elas foram informar oficialmente a aquisição da “Touca Inglesa”, que tem como objetivo evitar a queda de cabelo que mulheres que estão realizando quimioterapia, assim como a sua doação para o setor de oncologia da FHST.

Também participaram do encontro a diretora Administrativa Camila Costanzi Amaral, a Superintendente dos Serviços da Assistência, Maria Mustefaga; a coordenadora da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON), Neiva Pesavento; médica Responsável Técnica pela Quimioterapia, Dra. Daniela Cavali; a Chefe do Setor de Faturamento, Stephany Wrublewski; e o Coordenador do Setor de Contabilidade, Claudecir Nascimento.

PARCERIA MUNICÍPIOS E SICREDI

O equipamento está sendo adquirido pelos 32 municípios que integram a AMAU, por iniciativa do Colegiado de Primeiras-Damas para beneficiar mulheres de toda a região com câncer de mama que se submetem à quimioterapia. O aporte de capital foi aprovado pelos prefeitos em Assembleia Ordinária do dia 22 de setembro e a aquisição está sendo realizada em parceria e com apoio financeiro do Sicredi.

Segundo a coordenadora do Colegiado de Primeiras-damas, Silvana Bettega, é preciso destacar que mulheres com câncer de mama passam por um turbilhão emocional que tem início no momento em que descobrem a condição e continua ao longo de todo o processo de tratamento, especialmente com relação à questão da sua imagem. “Por isso, neste Outubro Rosa, nosso foco se volta às mulheres portadoras de câncer de toda a região. Acreditamos que este equipamento será um importante aliado para a melhora do equilíbrio emocional dessas mulheres e sua qualidade de vida”, informa Silvana.

ATO DE EMPATIA

Para a Direção e equipe multidisciplinar da Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim, a doação da “touca inglesa” pelo Colegiado das Primeiras-Damas da AMAU representa um ato de empatia e amor para com as mulheres portadoras de câncer da região, que durante o tratamento da quimioterapia poderão contar com esta tecnologia de última geração em benefício da autoestima, minimizando um dos efeitos colaterais mais traumatizantes para as mulheres que é a queda do cabelo. São ações como esta que aproximam cada vez mais a sociedade civil organizada e a Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim, evidenciando o compromisso e responsabilidade desta casa se saúde com a comunidade regional.