Colégios maristas lançam nova edição do Sistema Marista de Educação para o Novo Ensino Médio


O novo material estará disponível em 2023, para os estudantes do 1º e 2º ano EM



O Colégio Marista Medianeira busca oportunizar momentos de formação constantes aos seus educadores, com a premissa de qualificar o trabalho realizado junto aos estudantes. As ações de formação abordam temáticas relacionadas ao currículo, aos processos de construção da aprendizagem, ao uso da tecnologia e soluções digitais como elemento potencializador do ato de ensinar, à inclusão e à diversidade metodológica e avaliativa, bem como, à compreensão das infâncias, adolescências e juventudes e suas principais necessidades formativas. Dessa forma, no último sábado, 24/9, foi lançada a nova edição do Sistema Marista de Educação (SME), no Colégio Marista Santa Maria, para os professores dos Colégios Maristas do interior do Rio Grande do Sul. O Marista Medianeira participou com um grupo de 17 educadores. De acordo com Renato Capitani, Coordenador Educacional dos Colégios da Rede Marista, com o objetivo de garantir formação integral de excelência pela qual a educação marista é reconhecida nacional e internacionalmente, este sistema para o Ensino Médio está em contínua atualização e aperfeiçoamento de acordo com os contextos educacionais e de aprendizagem vivenciados pelos estudantes.

O novo Sistema traz uma proposta autoral e exclusiva para os colégios maristas do Brasil voltada ao Ensino Médio, em parceria com a FTD Educação, uma das maiores editoras do mundo e que também faz parte do Instituto Marista. O material estará disponível em 2023, para os estudantes do 1º e 2º ano EM.

“Entre os diferenciais desta edição está sua qualidade técnica, a contextualização, a problematização dos conhecimentos num constante diálogo interdisciplinar que desafia o estudante a construir e ampliar seu repertório acadêmico e sua visão de mundo. Na perspectiva da transformação digital, destaco a sua característica híbrida, sendo composta, de forma orgânica, por conteúdos na versão física e digital do SME, trazendo uma proposta interativa, explorando linguagens dinâmicas conectadas com a cultura e o protagonismo do estudante. O Sistema Marista de Educação também foi planejado de forma especial para preparar os estudantes para as avaliações externas como o Enem, fortalecendo o trabalho com simulados e aceleradores de aprendizagem", explica Renato.