top of page

CIRAU realiza assembleia extraordinária



A partir de agora, municípios não consorciados, passam a pagar uma taxa para ter acesso as atas de registro de preços



O Consórcio Público Intermunicipal da Região do Alto Uruguai (CIRAU) realizou, nesta quinta-feira, 18, assembleia extraordinária, após a reunião da AMAU, no Espaço Cooperar da Sicredi UniEstados em Erechim, A reunião foi comandada pelo presidente Beto Bordin, prefeito de Jacutinga.

A assembleia deliberou sobre a análise da prestação de contas do ano de 2023, a reposição salaria anual dos servidores, e a criação de uma tarifa para emissão de atas de registro de preços para os municípios não sócios do consórcio. 

“Através de uma resolução, no âmbito do CIRAU, a cobrança de tarifa a título de preço público, para adesão da ata de registro de preços para municípios não consorciados. Estávamos dando ‘carona’, a estes municípios e gera um trabalho gigantesco, como se fosse para o próprio associado. Essa é uma forma de ter uma compensação pelo trabalho feito pelo consórcio, num preço acessível. Lembrando que o consorciado não paga por isso, pois já contribui com a anuidade”, relata Beto Bordin.

O CIRAU vem realizando inúmeras licitações em várias áreas, adquirindo equipamentos hospitalares e odontológicos, medicamentos, pneus, máquinas agrícolas e pesadas, material de informática, escolar e de expediente, iluminação pública, entre outros diversos itens: “essas atas de registro de preços, garante celeridade e economia aos cofres públicos”, pontua o presidente Beto Bordin.


bottom of page