Centro de Belas Artes Osvaldo Engel integra atividades de Educação Integral das Escolas Municipais




O Centro de Belas Artes Osvaldo Engel – cultural, técnico e profissional, integra através das quatro áreas - artes visuais, dança, música e teatro, o Programa de Educação Integral Castelinho, que atende no contra turno cerca de 1.290 estudantes do Ensino Fundamental e 3.390 da Educação Infantil no turno escolar, com projetos de banda escolar, basquete, dança gaúcha, dança livre, futsal, handebol, inglês, karatê, robótica, teatro, voleibol, musicalização, vivências e práticas corporais.



O diretor do Centro de Belas Artes Osvaldo Engel, Juliano dos Santos, comenta a importancia do envolvimento em um programa tão importante para o Sistema Municipal de Ensino. “Temos o privilégio de contar com o Belas Artes em nossa cidade, como uma instituição pública promotora da arte e seus fazeres, com a missão de representar através das expressões o pleno exercício dos direitos culturais, criação e liberdade, e fazer isso integrando o processo educativo é muito gratificante”, pontua o diretor.



Com mais de 60 anos de história e reconhecido pela comunidade erechinense pela contribuição na formação artística e cultural, o Centro de Belas Artes Osvaldo Engel, ligado a Secretaria Municipal de Cultura e Esporte, também integra o programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação. Atualmente, são atendidos 14 estudantes na área de Artes Visuais, 16 estudantes no Ballet e 16 estudantes no Jazz, das escolas D.Pedro II, Othelo Rosa e Caras Pintadas.




“A arte como expressão do indivíduo com o mundo é uma maneira saudável e inclusiva. O Centro de Belas Artes Osvaldo Engel tem desempenhado o seu papel dentro da sociedade de forma atuante e permanente, sempre valorizando o potencial artístico e despertando para novos talentos”, finaliza a secretária de Cultura e Esporte, Carla Talgatti.


--