Bandeira preta será mantida na próxima semana em todo o Estado

Apesar de a decisão ainda não ter sido divulgada oficialmente pelo governo, a informação foi adiantada ontem à noite pelo governador Eduardo Leite, durante entrevista ao jornal Band Cidade





A bandeira preta, que a princípio estava com vigência prevista até domingo, dia 7, deverá ser mantida em todo o Estado também na próxima semana. Apesar de a decisão ainda não ter sido divulgada oficialmente pelo governo, a informação foi adiantada ontem à noite pelo governador Eduardo Leite, durante entrevista ao jornal Band Cidade, exibido pela afiliada da rede Bandeirantes no Rio Grande do Sul. Em sua manifestação o governador argumentou com o fato de que as restrições impostas nessa semana ainda não surtiram efeito nos indicadores do Rio Grande do Sul.

Ontem, mais uma vez o Estado ultrapassou 100% da lotação nas UTIs dos hospitais. Segundo o governador, apesar da abertura de novos leitos, as instituições de saúde não estão conseguindo absorver a alta demanda, que é de cerca de 300 internações por dia. Com isso, pacientes com Covid19 passaram a ocupar também leitos que vinham sendo disponibilizados a pacientes com outras enfermidades. A decisão de manter a bandeira preta em todo o Estado, segundo Eduardo Leite, é embasada ainda em questões como o aumento no número de óbitos e a transmissão comunitária da variante do Coronavírus identificada em Manaus, conhecida como P1, que também já foi identificada no Estado e tem preocupado especialistas, por se mostrar mais agressiva e mais contagiosa.