top of page

Assembleia do Sindicato Rural de Erechim aprova primeiro ano de trabalho da atual gestão


O Sindicato Rural de Erechim promoveu assembleia geral ordinária na noite desta quarta-feira, dia 13 de março, no auditório da entidade. Em pauta esteve a prestação e a aprovação das contas do exercício 2023, ações realizadas durante o ano, atualizações em relação a aspectos defendidos pela Farsul em nível estadual e nacional junto à Confederação Nacional da Agricultura (CNA), além de assuntos relacionados à rotina no campo, como a necessidade de o produtor rural aderir à nota fiscal eletrônica a partir de maio de 2024.

O presidente, Allan André Tormen, coordenou a reunião, que contou com a presença de expressivo número de associados. Este foi o primeiro ano de trabalho da atual gestão, que segue até início de 2027 no comando da entidade. Segundo Tormen, estes momentos são importantes para definir os rumos da entidade, do movimento sindical rural e de como se posicionar para defender os interesses dos agropecuaristas.

– Temos trabalhado em várias frentes para que possamos representar o que realmente os produtores precisam em termos de condições de trabalho e de produção. Sabemos que os desafios são grandes diante de do agronegócio, pois somos impactados de várias formas. Também estamos inseridos com muito empenho dentro da Farsul para que consigamos levar nossas demandas a diante e contribuir com o setor de forma geral – salientou.

Ainda esteve em pauta a importância da renovação dentro do movimento sindical e a participação das mulheres do setor, de forma a obterem mais espaço e voz nas decisões e na gestão da entidade e das propriedades rurais.

Comments


bottom of page