top of page

Aprovado projeto de lei que estabelece a instalação de cabeamento subterrâneo em Erechim

Principal objetivo da proposta, do vereador Claudemir de Araújo, é acabar com a poluição visual, rompimento e queda da fiação, bem como garantir maior segurança a comunidade



Estamos acostumados a olhar para cima enquanto andamos nas ruas de nossa cidade e vemos inúmeros fios cortando o céu, causando uma grande poluição visual. Mas o problema não está apenas na estética, pois além do cabeamento aéreo não ser visualmente atrativo, ele também implica diversos riscos e desvantagens como : como maior necessidade de manutenção, aumentando os custos; têm maiores riscos de sofrer rompimentos por conta de ventos fortes, chuvas, desgaste do tempo, quedas de árvores, vandalismo, abalroamento de caminhões e acidentes de trânsito; oferece maiores riscos de causar acidentes quando os fios se rompem; são mais vulneráveis a avarias e sua manutenção é mais trabalhosa, o que às vezes acaba deixando a população sem energia por longos períodos; até mesmo sua manutenção oferece riscos à vida dos técnicos que precisam trabalhar em alturas elevadas.


Buscando solucionar este problema e pensando no futuro da cidade, o Poder Legislativo aprovou por unanimidade, na sessão de segunda-feira (23), Projeto de Lei de autoria do vereador Claudemir de Araújo, que estabelece que as redes de infraestrutura de cabeamento para a transmissão de energia elétrica, telefonia, comunicação de dados via fibra óptica, televisão a cabo e outros cabeamentos em novos loteamentos e condomínios deverão ser exclusivamente subterrâneas.

De acordo com o parlamentar a medida não é novidade, pois já é adotada em países de primeiro mundo por conta de seus benefícios. “Felizmente, várias cidades brasileiras, de grande, médio e pequeno porte têm adotado este modelo. Agora, com a aprovação deste projeto, Erechim entra para este seleto grupo de municípios, que realizam ações efetivas pensando no futuro da cidade e principalmente no bem estar e qualidade de vida de sua população

Kommentarer


bottom of page