top of page

AMAU solicita demandas prioritárias ao secretário de Logística e Transporte

Juvir Costella, esteve em Centenário na manhã desta sexta-feira, 11, onde foi homenageado com “Honra ao Mérito Centenariense”




Na manhã desta sexta-feira, 11, o secretário de Logística e Transporte do Governo do Rio Grande do Sul, Juvir Costella, foi recebido na prefeitura de Centenário, pelo prefeito Genoir Florek (Neninho). No encontro estavam presentes o presidente da AMAU e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda; prefeito de Benjamin Constant do Sul, Nilton José Valentini e seu vice, Marcio Capellari; prefeito de Entre Rios do Sul, Irson Milani; prefeito de Áurea, Antonio Jorge Slussarek, vice-prefeito de Faxinalzinho, Lauri Francisco D Agostini, e representantes de Quatro Irmãos.

O prefeito de Centenário, Genoir Florek entregou uma placa para o secretário Juvir Costela de “Honra ao Mérito Centenariense”, pelos relevantes trabalhos e empenho para a conquista do acesso asfáltico da ERS 477.

O presidente da AMAU, Marcelo Arruda e demais prefeitos presentes, entregaram ofício para o secretário, com as três demandas prioritárias e de consenso dos 32 municípios da região, como segue:

- Atualização dos projetos, e licitação para os acessos asfálticos em 2023, de Entre Rios do Sul, Faxinalzinho, Quatro Irmãos;

- Viabilização da ligação regional de Carlos Gomes a Centenário, trecho de 12 km, ERS 477, conectando as regiões da AMAU e AMUNOR, e acesso municipal de Carlos Gomes, com projeto no valor de R$ 19.297.860,59.

- Ordem de início dos 5 km do acesso a Benjamin Constant do Sul;

No oficio, foram elencadas outras obras para o desenvolvimento do Alto Uruguai:

- Concessão da ERS 135, bloco 3, frente inúmeros acidente ocorridos na rodovia e necessidade eminente da duplicação do trecho Erechim a Passo Fundo;

- Pavimentação do trecho de 6,3 km de Erebango a ERS 135, a qual beneficiará também a conexão do acesso a Quatro Irmãos, através de convênio municipal no valor aproximado de R$ 12.000.000,00;

- Liberação de recursos para convênio entre Estado e município de Campinas do Sul, para conclusão da construção da ponte sobre o a barragem do Rio Passo Fundo, conectando as regiões da AMAU e AMZOP através dos municípios de Ronda Alta e Campinas do Sul, no valor de R$ 7.775.975,76.

- Implantação asfáltica da ERS 491, ligação de Marcelino Ramos a BR 153, trecho faltante de 18 km, fomentando o desenvolvimento do turismo regional, no valor aproximado de R$ 30 milhões.

- Intermediação junto ao Governo Federal/DNIT para a pavimentação da BR 153 (Transbrasiliana), trecho de 69 km entre Erechim e Passo Fundo.


O secretário Juvir Costella em seu pronunciamento, sobre o asfaltamento da ERS 477, frisou que “essa obra não é do governador, não é de nenhum secretário ou deputado. Essa obra é de vocês. Vocês trabalharam por essa conquista. Esta obra estava desacredita, e muitos ainda não acreditam, mas já está na metade. Não tem nenhuma obra do governo Eduardo Leite, que iniciou e não será concluída. Até o final do governo, iremos concluir 80% dos municípios sem acessos asfálticos”. O secretário agradeceu a honraria recebida do prefeito Genoir Florek.

O presidente da AMAU, Marcelo Arruda, afirmou que muito foi trabalhado pelos municípios até chegar nesse momento: “de 32 municípios, até 2018, dez não tinham acesso asfáltico. Hoje, estamos com uma obra concluída e cinco em andamento. Ficam faltando quatro municípios para termos todos conectados. Você secretário está percorrendo as cidades e vendo a emoção e o carinho e a mudança na vida das pessoas. Hoje, passamos a sonhar, trazendo condições para os nossos jovens, nossas famílias”.

Para Arruda, “o governo Eduardo Leite mudou a realidade nos últimos quatro anos e meio, trazendo esperança para o RS. Quando ninguém queria em 2018 assumir a Secretaria Logística e Transporte, pois não se faziam obras, o Costella teve coragem em assumir. De 60 municípios sem acesso asfáltico no RS, faltam 29”, finalizou.






Comments


bottom of page