Amau se posiciona contrária à volta às aulas no momento

A Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau), divulgou nota manifestando grande preocupação com os riscos que tal medida poderá ocasionar a saúde da população




Por meio de nota, a Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau), em nome de seus 32 municípios associados, que juntos atendem uma clientela escolar de aproximadamente 17 mil alunos, na rede pública municipal, de educação infantil e ensino fundamental, torna Público que em reunião realizada no último dia 03 de setembro de 2020, por unanimidade, posicionou-se contrária ao retorno das aulas, na rede pública municipal neste momento, e ainda mais a começar pela educação infantil, manifestando grande preocupação com os riscos que tal medida poderá ocasionar a saúde da população, além de exigir dos Municípios a tomada de ações, com vistas a garantir as medidas sanitárias impostas pelo Governo do Estado, impossíveis de serem atendidas neste momento, notadamente no que se refere ao transporte escolar e remanejamento de pessoal pelos municípios, sendo que tal medida não se aplica as escolas privadas, podendo estas, por seu próprio regramento, optar por seguir o calendário do Estado.

A AMAU, por seus 32 municípios associados, realiza um permanente acompanhamento da situação da pandemia a nível regional, e está convicta de que ainda não é o momento de retorno às aulas, especialmente a começar pela educação infantil, contudo oportunamente, quando a condição permitir, que se comece pelo ensino fundamental, até para evitar eventual nova suspensão das aulas, o que pode se revelar danoso a comunidade.

Por fim, os Municípios reafirmam que a população mantenha os cuidados necessários e amplamente divulgados para proteção da vida.

© 2020 Virtual FM 104.7 - Sociedade Rádio São José LTDA