AMAU envia pedido ao Comitê Regional para flexibilizar o uso de máscaras em ambientes abertos




O Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus da AMAU reuniu-se ordinariamente nesta quinta-feira, 10, para avaliar o cenário da epidemia regional na R16 e a solicitação da Diretoria da AMAU para a flexibilização do uso de máscara em ambientes abertos e ao ar livre nos municípios da região, assim como o encaminhamento desta demanda ao Comitê de Crise do Governo do Estado. O ofício nº 021/2022, de 8 de março, também parabenizou o Comitê pelo brilhante trabalho que vem desempenhando na condução do processo pandêmico em nossa Região, exemplo para todo o Estado.

Segundo o presidente da AMAU, o prefeito de Getúlio Vargas Mauricio Soligo, frente à atual situação, onde vários municípios no país estão questionando o uso de máscara e pelas dificuldades em manter o controle e a fiscalização nas ruas, a Diretoria da AMAU decidiu fazer esta solicitação ao Comitê Regional e ao Comitê de Crise do Estado. Ele acredita que com base nesta solicitação outras irão se somar.

Soligo afirma que o atual cenário, o avanço da vacinação na região e a queda no número de internações permitem a análise desta flexibilização. “Assim manteremos nosso protagonismo na boa condução de ações frente à Covid19”, concluiu.


INDICADORES

Segundo os indicadores oficiais do Sistema 3As, do Governo do Estado e da Plataforma Regional de Monitoramento (PRM), os números continuam positivos, com redução dos casos ativos, internações e óbitos, o que remete o cenário a uma classificação de promissor.

De acordo com os últimos dados, o número de casos ativos declinou de 1.858 (04/02) para 445 (09/03), o que demonstra claramente que o desenho da curva epidemiológica de casos ativos é descrente e vem ao encontro do Estado que retirou o alerta das 21 regiões de saúde, mediante fatos e números.


DELIBERAÇÕES

Face ao novo cenário pandêmico o colegiado regional deliberou por alterar a metodologia de elaboração dos mapas regionais, com os dados sistematizados pelos 34 municípios, que atualmente são realizados na periodicidade de três vezes por semana desde março de 2020: segunda, quarta e sexta-feira.

Com a mudança a R16 vai elaborar os mapas regionais em duas oportunidades, terça e quinta-feira, com os mesmos indicadores que são alvo de monitoramento desde o início da epidemia regional, para continuar monitorando e avaliando o cenário regional.

Também deliberou, por solicitação da AMAU, o envio de documentação fundamentada em indicadores ao Gabinete de Crise/RS, na qual solicita avaliação técnica para flexibilização do uso de máscara em ambientes abertos e ao ar livre. Tal documentação será fundamentada nos indicadores regionais e estaduais, como casos ativos, internações hospitalares e crescimento da campanha de imunização, que para o público acima de 18 está em 92.1% de cobertura vacinal, segundo dados do Sistema 3As.


Para Jackson Arpini, membro do Comitê, o cenário pandêmico, desde o seu nascedouro, se apresenta em capítulos ou episódios. “Atualmente estamos vivenciando um cenário positivo subsidiado por indicadores oficiais, o que nos possibilita propor alterações nos protocolos, como é o caso do uso da máscara em ambientes abertos. Estamos migrando, caso não tenhamos nenhum contratempo, para um período de normalidade, com retomada de todas as atividades próprias de uma sociedade”.


Foto: EBC