top of page

AMAU busca alternativas para a crise hídrica na Secretaria de Agricultura



Na quarta-feira, 17, o presidente da AMAU, Marcelo Arruda (prefeito de Barra do Rio Azul) manteve audiência em Porto Alegre com o Secretário de Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação do RS, Giovani Feltes, acompanhado do secretário de administração de Aratiba, Leonardo Bortolotto e o secretário da Agricultura de Aratiba Juarez Michuanski.


Na pauta, após a AMAU mobilizar os 32 prefeitos da região, demandas para se preparar com ações futuras para minimizar efeitos da estiagem, caso ocorra novamente ao final do ano.


Uma das necessidades mais imediatas é a perfuração de poços artesianos comunitários, em função da amplitude devassadora da crise hídrica, já que a grande maioria dos municípios decretaram Situação de Emergência, em função de falta de água em propriedades acarretando inclusive mortandade de animais. Ao total, foram solicitados ao Estado, 84 poços artesianos.


A agenda com a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação do RS, foi viabilizada pelo prefeito de Erechim, Paulo Alfredo Polis: “na semana passada estive em Porto Alegre e conversei com o secretário Feltes e relatei que passamos por uma estiagem bastante severa e os municípios precisam de poços artesianos. Como estão encaminhando uma máquina para a região, não adianta vir e fazer apenas alguns e sim no mínimo um em cada um dos 32 municípios do Alto Uruguai. E reforcei o pedido com o vice-governador, Gabriel Souza”, relatou Polis.


No ofício entregue ao secretário Feltes, pelo presidente da AMAU, Marcelo Arruda relata que é fundamental a importância que a máquina perfuratriz do Estado, permaneça o maior tempo possível no Alto Uruguai: “somos um polo produtivo agropecuário de grande representatividade na economia estadual, mas os poços são principalmente para a própria preservação da subsistência dos pequenos agricultores e das diversas famílias da zona rural”, sublinha Arruda, que recebeu a notícia que o Estado em breve abrirá mais um edital para que os municípios recebam valores para perfuração de mais poços.


Além dos poços artesianos, que em breve devem ser perfurados na região, outras demandas foram entregues para a Secretaria de Agricultura. O presidente Marcelo Arruda, alinhou com o secretário Feltes, para conseguir utilizar recursos remanescentes para construção de microaçudes, que foram repassados pelo Estado aos municípios (R$ 114 mil), para contratação de escavadeira, que acabaram sobrando devido as licitações exitosas: “com a reutilização do saldo que sobrou, mais oito famílias por cidade em média poderão ser atendidas”, pontua arruda.



Comments


bottom of page