Abertura de empresas sobe 65,38% no primeiro semestre em Erechim

Os novos empreendimentos abrangem Microempreendedores Individuais (MEIs), Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP), Empresas em Geral e Autônomos. Microempreendedores Individuais lideram entre as categorias com um crescimento de 90,59%.



A economia de Erechim está mostrando sinais de recuperação e aquecimento. Apesar do cenário econômico ainda apresentar dificuldades devido à pandemia da Covid-19, o município de Erechim registrou um crescimento de 65,38% na abertura de novas empresas neste primeiro semestre de 2021, em um comparativo com o primeiro semestre do ano anterior.

Os novos empreendimentos abrangem Microempreendedores Individuais (MEIs), Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP), Empresas em Geral e Autônomos. Vale destacar que os Microempreendedores Individuais lideram entre as categorias com um crescimento de 90,59%.

Estes números foram apresentados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que foca suas ações no crescimento das atividades no município, na abertura de novos empreendimentos de pequeno a grande porte, geração de emprego, renda, qualificação profissional e capacitação das pessoas para o mercado de trabalho.

De acordo com o relatório apresentado ao prefeito de Erechim, Paulo Polis pelo titular da pasta de Desenvolvimento, secretário Ernani Mello, o município registra mais de 14 mil empreendedores ativos, sendo que, somente nos primeiros seis meses deste ano foram abertas 1.252 novas empresas. No mesmo período, no ano anterior foram 757.

O secretário municipal de Desenvolvimento, Ernani Mello, comemorou os dados positivos para a economia local. “Esse indicativo sinaliza a recuperação da economia local e o aquecimento gradual na geração de postos de emprego. O interesse dos empreendedores em formalizarem seus negócios também é outro fator a ser considerado nos índices apontados”, destaca o secretário.

Como é o caso da empresária Rita Wuikoski, que investiu no ramo de móveis planejados. A sua empresa, a Dommy De Cor e Decorações, instalada junto a Villa Trentin, foi regularizada no início do ano como MEI e deve abrir as suas portas ao público ainda neste mês. Conforme explica Rita, o empreendimento vai focar em show room de móveis e decorações também de outros fabricantes, além da fábrica de móveis da família, para que outros empreendedores da região também possam expor e vender os produtos, sendo essa uma oportunidade para a produção regional, além de ser um elo entre quem produz e o consumidor.

Para o prefeito Paulo Polis, esses números mostram que Erechim segue como cidade pujante, com uma população trabalhadora, que sabe enfrentar momentos de crise e se reinventar para seguir se desenvolvendo economicamente. “Os dados mostram que o ambiente econômico de Erechim, apesar de toda a insegurança gerada pela pandemia, ainda reflete o viés empreendedor do cidadão erechinense e mostra uma Capital da Amizade confiante em uma retomada do crescimento”, analisa o chefe do Poder Executivo.