Erechim teve saldo de 1.308 novos postos de trabalho em 2022

Conforme dados do Caged, Erechim gerou 339 empregos formais só em julho


Mais uma vez, o município de Erechim contratou mais do que demitiu no mês de julho, ficando com saldo positivo, criando mais 339 novos postos de trabalho formal, com carteira assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), publicados nesta segunda-feira (29). Desta forma, o município fecha os primeiros sete meses do ano com a geração de 1315 novos empregos com carteira assinada.

O desempenho geral do mês de julho foi positivo, foram abertas 339 vagas, o destaque ficou por conta da indústria com a criação de 273 postos de trabalho formal; em segundo lugar, o setor de serviços com 44 vagas; na terceira posição está o comércio, com abertura de 22 empregos com carteira assinada; seguido da agropecuária, com 1 posto de trabalho. O saldo negativo, no mês de julho, ficou com o setor da construção civil com o fechamento de uma vaga de trabalho. No geral, o município fez 1.867 contratações e 1.528 demissões, ficando com resultado geral positivo de 339 vagas de trabalho formal.

No ano

Em janeiro, Erechim ficou com saldo positivo e gerou 71 vagas de trabalho com carteira assinada; seguido também do mês de fevereiro, com saldo positivo de 450 vagas; março, criou 303 empregos formais; abril, diferente dos outros meses do ano, houve maior número de desligamentos do que contratações, saldo negativo de 7 vagas; maio duas vagas positivas; e junho, com saldo positivo de 152 novos postos de trabalho; julho foi o segundo mês do ano que mais criou empregos formais 339 vagas; no ano, Erechim criou 1315 postos de trabalho formal com carteira assinada.

Investe + Erechim

Segundo o prefeito, Paulo Polis, os números do mês de julho traduzem a realidade de Erechim, a força da estrutura industrial, com destaque para o setor metal mecânico, e que tem uma capacidade diferenciada em gerar novos empregos.

“Associado a todo este polo industrial temos diversos investimentos do programa Investe + Erechim, e um deles é o novo Distrito Industrial Giácomo Madalozzo, localizado no bairro Davide Zorzi, que será entregue no fim do ano e tem mais de 150 empresas interessadas em se instalar ou ampliar seus negócios. A previsão inicial é criar mais de mil novos empregos numa primeira etapa”, comenta.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Emerson Schelski, ressalta que, em julho, Erechim mais que dobrou o número de novas vagas de empregos com carteira assinada com relação ao mês anterior, com destaque para a indústria. “E o programa Investe + Erechim, com os investimentos nas áreas de educação, saúde, qualificação profissional, infraestrutura, tecnologia e lazer, contribuem para que Erechim seja uma das melhores cidades do país para se viver e investir”, destaca.